Home Insights Blog Blog - Mineração e refino de metais Service Tips: Instalação e manutenção pós- instalação
Voltar para Mineração e refino de metais
mar 16, 2022

Service Tips: Instalação e manutenção pós- instalação

Espaçamento entre corpo vibrante e estrutura estática

Pontos de observação para instalação da peneira
O conceito de eficiência está normalmente associado à ideia de desempenho máximo, proximidade da perfeição e atingimento de limites, entre outros parâmetros. Com isso, um dos pontos que devemos
sempre observar para manter a máxima eficiência do equipamento é o espaçamento livre recomendado entre peneira e estrutura estática de 75 mm no sentido longitudinal (fluxo de material), 75 mm no sentido
perpendicular ao equipamento (altura) e 25 mm transversalmente ao equipamento.
O movimento da peneira aumentará consideravelmente em todas as direções durante a partida e parada devido a transição da velocidade do equipamento pela freqüência de ressonância das molas.

Comissionamento
Antes de introduzir o material sobre o equipamento, verifique:

Ruídos anormais (batimentos, parafusos soltos, etc.)

Se o corpo da peneira vibratória não está batendo com as estruturas e componentes adjacentes

Se a direção de rotação está conforme desenho de instalação

Se a velocidade de operação está conforme mostrada no desenho de instação

Se os gráficos de amplitude do movimento registrados nos cartões das extremidades da peneira apresentam resultados semelhantes.

Trincas ocorridas por contato entre o corpo vibrante e a estrutura estática
Uma das melhores regras para a correta manutenção nas peneiras é manter um registro de horas reais de operação com todas as ocorrências de falhas, além de dados de operação.
Depois de um período pré-determinado de operação, execute uma revisão total do equipamento, checando todos os componentes.
O intervalo neste período inicial pode variar com o tipo de aplicação e material processado. Caso ocorra o aparecimento de trincas no corpo da peneira, deverão ser tomadas as seguintes medidas para a recuperação da mesma.

Procedimento para recuperação de trincas
Localize o final da trinca e faça um furo de 1/4" (6,3mm) em sua extremidade para evitar a propagação

Perfure, escareie e esmerilhe a trinca conforme figura abaixo

Pré-aqueça a região a uma temperatura de aproximadamente 302F (150°C), se possível solde com eletrodo diâmetro 1/8" (3,2 milímetros) AWS E-7018.

Aplique solda removendo sempre a escória

Escareie novamente a região traseira e encha novamente com solda se possível

Esmerilhe a solda nivelando com a chapa

 

image8bb4w.png

Lembre-se que todas as soldas realizadas no corpo do equipamento podem gerar pontos de concentração de tensões, causando a diminuição da resistência à fadiga e consequentemente se tornando a causa de
novas trincas.
Por este motivo, soldas são recomendadas somente como um recurso temporário para reparos de trincas no corpo, até que a peça de reposição seja adquirida. Qualquer dúvida, consulte o manual de
instruções do seu equipamento, ou entre em contato com a Metso Outotec.

Voltar para Mineração e refino de metais
Saiba mais!
Serviços Reformas Conhecimento Técnico e Segurança