Home Insights Blog Blog - Mineração e refino de metais Como fica a vida útil do equipamento após reforma
Voltar para Mineração e refino de metais
mai 11, 2022

Como fica a vida útil do equipamento após a reforma?

A vida útil de um equipamento reformado depende de cada caso. Essa variedade acontece porque cada máquina foi submetida a condições particulares.

O que se pode afirmar é que o equipamento reformado entra em um novo ciclo de operação, com garantia padrão de mercado de seis meses em média, desde que o processo de reinicialização seja acompanhado pela empresa responsável pela reforma. Na volta para a operação é preciso garantir que a máquina trabalhe dentro dos parâmetros operacionais de processo, outro fator que influi diretamente na vida útil. A durabilidade do equipamento vai depender de muitas variáveis, inclusive do material que ele está processando e a que tipo de esforço ele está sendo submetido, entre outros fatores.

A reforma deve garantir a intercambialidade das peças, mantendo as características originais do equipamento, o que é um fator que também contribui para uma vida útil maior. A regra geral é que a reforma deve recuperar os padrões operacionais da máquina como, por exemplo, a confiabilidade. As informações oriundas das medições do equipamento antes da reforma também podem ser indicadores de correções de processo necessárias. Explicando: é possível que o desgaste da máquina tenha sido acentuado por uma alimentação indevida. Ao corrigir os processos anteriores, pode-se prever uma vida útil também maior do equipamento.

É comum que as empresas especializadas em reformas enviem o laudo detalhado do processo de recuperação, indicando não somente o escopo das intervenções feitas e de componentes substituídos, como também indicações de possíveis mudanças no processo que favoreçam a operação e o tempo de vida útil da máquina. Os serviços de reforma economizar tempo e dinheiro, evitando a necessidade de desativação e substituição de equipamentos existentes. Em vez disso, a ideia é devolvê-los com níveis de operação otimizados.

E, é claro, a vida útil depende também de como os equipamentos reformados serão cuidados no dia a dia. Mantê-lo limpo vai muito além da estética. A limpeza regular do equipamento ajuda a evitar vários problemas, inclusive corrosão. Os gestores também devem priorizar a manutenção preventiva regular em vez de reativa. Não se deve esperar que o equipamento falhe. Pelo contrário: realizar a manutenção regular ajuda a evitar que a máquina quebre. Outra recomendação é seguir as orientações de quem reformou o equipamento, principalmente se ele for o fabricante original.

Serviços para Mineração

Realizar um serviço de alto nível significa ter especialistas experientes e com grande conhecimento técnico, além de colocar em primeiro lugar a segurança dos profissionais e da operação da planta.
Voltar para Mineração e refino de metais