Home Insights Blog Blog - Mineração e refino de metais Service Tips Alimentação incorreta dos britadores
Voltar para Mineração e refino de metais
fev 23, 2022

Service Tips: Alimentação incorreta dos britadores

Normalmente, nas instalações com grandes volumes processados, é observada a alimentação incorreta dos britadores de mandíbulas, onde há uma grande velocidade juntamente com grandes granulometrias.

Desta forma o material é direcionado à proteção do queixo, o que terá como consequências:
- Alteração das cargas dinâmicas;
- Esforços desnecessários nos mancais;
- Perda de eficiência na produtividade;
- Quebra do sistema de ajuste;
- Queda da abanadeira;
- Maior frequência nos apertos de fixação das mandíbulas.

 

Queixo do Britador

 

A velocidade de alimentação nos britadores de mandíbulas deve ser controlada. Para manter a velocidade em um nível desejado, a altura de alimentação não deverá exceder 1 (um) metro.

Arranjo típico da correta alimentação do britador

 

 

Como resolver esse problema?
A solução do problema de excessiva velocidade de alimentação dos britadores de mandíbulas é a instalação de "barreiras", de forma a criar freios para diminuir a velocidade do material.
A configuração e a quantidade de barreiras deverá ser de acordo com cada aplicação, ou seja, cada condição de operação.

 

Quais os cuidados na instalação de barreiras/ freios na alimentação dos britadores?
As barreiras (freios), devem ser afixadas e devem possuir robustez de forma a suportar os esforços e impactos da alimentação, do contrário poderá ocorrer o seu desprendimento, o que ocasionaria sérios
danos ao britador caso elas caiam na câmara de britagem.

 

    image5y0sp.png

Devido ao risco de soltura destas barreiras, um ponto importante é a correta escolha do tipo e a quantidade de barreiras instaladas.

Saiba mais!
Quando vale a pena reformar um equipamento?
Voltar para Mineração e refino de metais