Home Insights Blog Blog - Mineração e refino de metais O que é a economia circular e por que ela deve ser considerada nos planos de serviço?
Voltar para Mineração e refino de metais
mar 29, 2022

O que é a economia circular e por que ela deve ser considerada nos planos de serviço?

Uma economia circular é qualquer sistema econômico onde o desperdício é eliminado e os recursos são continuamente usados e reutilizados. Essa é a definição do ReThink Mining, uma iniciativa internacional que envolve mineradoras e seus parceiros de tecnologia.

A meta de transformar a mineração em uma indústria de desperdício zero é um caminho longo, mas que já começou. O segmento, de vários modos, tem adotado os três princípios que regem a economia circular segundo a Ellen MacArthur Foundation: reduzir, reutilizar e reciclar. O processo envolve a eliminação do lixo e da poluição, além da circulação de produtos e materiais (no seu valor mais alto) e da recuperação da natureza.

A área de serviços em mineração pode e deve ser parceira nas três frentes, desde projetar o uso da área minerada após o encerramento das atividades, até a aplicação de tecnologias que reduzam – ou mesmo – eliminem a necessidade de água no processamento mineral, até a oferta de soluções que permitam a reutilização de peças e de parte dos equipamentos estacionários como moinhos e britadores. A retirada de produtos da mina e sua destinação seletiva para outras aplicações também contribui para ativar a economia circular em operações minerais.

A inovação é outra forma que os parceiros de serviços podem ampliar a circularidade nas minas. É o caso da perfuração e detonação, atividades que normalmente resultam na movimentação de materiais para a superfície e seu encaminhamento para processamento. De acordo com o ReThink Mining, um exemplo é a implantação novas formas de desmonte do minério combinadas com a classificação de minério baseada em sensores. Essa técnica promove a menor produção de resíduos na fonte, menos material para a superfície, menor consumo de energia. Já as técnicas de mineração a seco reduzem o consumo de água e das bacias de rejeitos.

As empresas de serviço podem conhecer o processo fim a fim de uma mineradora e permitir que ajustes como os citados acima sejam realizados de forma racional, otimizando a lavra e o processamento, a partir de uma visão integrada. Em alguns casos, é possível inclusive assumir a operação de usinas de processamento, iniciativa que pode ser ativada para contratos pontuais. Outra frente de melhoria é automação, inclusive com os serviços de monitoramento remoto, os quais identificam gargalos na lavra e na usina e permitem ajustes que evitem desperdícios.

Voltar para Mineração e refino de metais
Saiba mais!
Serviços para Mineração
Serviços de Campo, Reformas e Contratos de Serviços de Longo Prazo