Home Insights Blog Blog - Mineração e refino de metais Metso Outotec reforma de forno de pelotização no Brasil e mobiliza 230 profissionais em 90 mil horas trabalhadas sem acidentes
Voltar para Mineração e refino de metais
dez 26, 2022

Metso Outotec reforma de forno de pelotização no Brasil e mobiliza 230 profissionais em 90 mil horas trabalhadas sem acidentes

Contrato envolveu atividades em área confinada e operação simultânea com outras empresas. Sucesso da revitalização resultou em premiação de boas práticas e reconhecimento de profissionais pelo cliente.

A Metso Outotec foi contratada para executar a revitalização de um forno de pelotização no Brasil, com o desafio de realizar o processo durante a parada programada pelo cliente. O processo foi um caso de sucesso operacional e de segurança: completado com 90 mil horas trabalhadas sem acidentes, inclusive no pico de atividades com 230 profissionais ativos, operando em dois turnos. Realizada em local confinado, a reforma foi concentrada no forno de 220 metros de extensão e pouco mais de 5 metros de diâmetro. 

“O projeto é mais um sucesso da área de serviços de campo, conhecida internamente como FSE, que foi reconhecida como empresa destaque em segurança e meio ambiente dentre todas as empresas que participaram da parada de usina, além disso vários empregados Metso Outotec também foram reconhecidos como destaques  em Segurança por praticar o cuidado com os requisitos de segurança e zelar pelo bem-estar das pessoas. Sem dúvidas este reconhecimento do cliente é mais um importante indício que demonstra que a Metso Outotec está no caminho certo para ser uma empresa cada vez melhor e maior. Comemoramos no mês de outubro o recorde de mais de 500 dias sem acidentes em todas as operações de serviços de campo, incluindo a reforma desse forno”, explica Marcelo Carminatti Santos, coordenador de Segurança e Meio Ambiente na Metso Outotec.

O reconhecimento da Metso Outotec aconteceu pelo uso de dispositivos inovadores e a capacitação das equipes que garantiram a realização da reforma com segurança e qualidade. Também podemos destacar o desempenho de toda equipe de FSE que desempenharam um grande serviço, e dos profissionais que foram reconhecidos como destaque. 

 

Entre os dispositivos está o carrinho usado para transportar os trilhos que formam uma espécie de mini ferrovia dentro do forno e que são a base dos carros de grelha – vagões em miniatura – que carregam as pelotas ao longo do forno até que elas saiam endurecidas na descarga final. A inovação combinou o uso do carrinho e de um mecanismo lateral de movimentação dos trilhos, permitindo que as peças de 150 kg fossem retiradas e movimentadas com maior segurança. A solução ganhou o reconhecimento de melhores práticas pelo cliente e substituiu o uso do carro prancha convencional.

Para Anderson Ribeiro, coordenador de Serviços da Metso Outotec, as inovações trazidas pela empresa nesse contrato são fruto da experiência em outros projetos de reforma de fornos de pelotização no Brasil. Segundo ele, o diferencial não se restringe ao uso de equipamentos, mas envolve mão de obra treinada nesse tipo de intervenção. “Se há um equipamento inovador, mas não se sabe como usá-lo adequadamente, não se tem um bom resultado como foi nesse projeto”, argumenta.

A mobilização envolveu pouco mais de 10% de funcionários diretos, com o recrutamento da mão de obra local, mas experiente, inclusive em projetos com a própria empresa. E mais do que isso: as equipes da Metso Outotec conviveram com outros times contratados pelo cliente para atividades que precisaram ser realizadas simultaneamente dentro do forno de pelotização. O planejamento das etapas – que consumiu 30 dias – determinou a hierarquia das atividades e a convivência com outras empresas e permitiu a execução da reforma em 35 dias.

Como trabalhamos com profissionais temporários, precisamos ter pessoas-chave nas equipes, que conhecem e entendem os valores da cultura de segurança da Metso Outotec e que sejam referência
Marcelo Santos, coordenador de Segurança e Meio Ambiente na Metso Outotec.

De acordo com Marcelo, o forte trabalho da empresa junto ao quadro fixo de profissionais, em parceria com a liderança da área de serviços de campo, explica os resultados positivos. Além do trabalho de capacitação das lideranças, Santos destaca o suporte presencial dos especialistas em segurança nos canteiros. 

“Para os profissionais de segurança, o trabalho começa antes da mobilização das equipes, mas é um processo contínuo, que faz parte da cultura da empresa e dos clientes”, finaliza.

Gostou? Leia mais casos de sucesso aqui:
Histórias de sucesso
Explore as histórias de sucesso de nossos clientes - alguém conseguiu resolver um desafio que você enfrenta agora?
abr 28, 2021
Leia mais
Voltar para Mineração e refino de metais