Home Insights Blog Blog - Mineração e refino de metais É possível projetar o desgaste do revestimento de moinhos?
Voltar para Mineração e refino de metais
jun 22, 2021

É possível projetar o desgaste do revestimento de moinhos?

Fábio Isoldi
Fábio Isoldi
Product Support Coordinator
Apesar de ser uma etapa comum em muitos processos minerais, a moagem sempre é personalizada.

O revestimento de moinhos, responsável por movimentar a carga, é uma peça fundamental para uma boa operação de moagem. E, assim como a moedura, o revestimento deve ser sempre personalizado com componentes específicos para cada planta.

Devido a sua importância é necessário que os revestimentos de moinhos tenham desgaste homogêneo. Por isso, é preciso acompanhar o desgaste sofrido durante sua vida útil. E sim, há algumas técnicas para isso.

Neste artigo, vamos explicar como projetar o desgaste de revestimento de moinhos e a sua importância para o bom desempenho de uma fábrica de moagem. Então, continue a leitura para entender esse processo!

Como simular o desgaste do revestimento de moinhos?

O revestimento de moinhos, assim como a moagem, depende do tipo de minério e das características da planta, logo nenhuma operação é igual à outra.

O método mais avançado para simular o desgaste é o uso de softwares especializados. Ao inserir dados reais da moagem, obtidos com o histórico dos revestimentos anteriores levantados durante inspeções, os técnicos podem projetar como será o desgaste dos novos revestimentos de moinhos em sua vida útil.

Além disso, o histórico de jogos anteriores e as inspeções regulares são fontes de informação e podem ajudar a calibrar o software escolhido.

E quando o projeto é novo?

Antes dos softwares, a projeção de vida útil dos revestimentos de moinhos era feita com base no histórico das campanhas anteriores e analogia com plantas de moagem similares. O desgaste era medido de tempos em tempos e os dados transferidos para gráficos comparativos.

Assim, em casos de projetos novos é possível fazer a comparação com moagens similares. Por isso, é importante manter inspeções contínuas nos revestimentos ao longo de sua vida útil.

Dito isso, um banco de dados diversificados e aplicações globais é um diferencial competitivo entre os fabricantes de moinho. Vale lembrar que os softwares especializados não dispensam a experiência dos especialistas e a troca de informações com quem opera a planta.

Neste artigo, você aprendeu como simular o desgaste de revestimentos de moinhos. Tem outras dúvidas sobre moagem? Então, conheça nosso blog e encontre mais conteúdos como esse!

 

 

 

 

Voltar para Mineração e refino de metais
Gostaria de receber uma visita técnica ou uma ligação ?
Seus dados estão seguros. Veja nossa Política de privacidade para maiores detalhes.
Obrigado!
Nós entraremos em contato em breve. Você só poderá enviar uma nova solicitação após 15 minutos.
Gostaria de receber uma visita técnica ?