Home Insights Blog Blog - Agregados Produtores de agregados ganham mercado com a remineralização de solos
Voltar para Agregados
mar 25, 2019

Produtores de agregados ganham mercado com a remineralização de solos

Metso Outotec
Metso Outotec
O uso de pó de pedra, ou seja rochas moídas, na recomposição de minerais primários reduz custos e melhora a qualidade dos solos. O processo também abre uma nova frente para os produtores de agregados minerais e é uma forma de otimizar o uso de subprodutos.
O uso de pó de pedra na recomposição de minerais primários.
O uso de pó de pedra na recomposição de minerais primários.

 

Com a produção de remineralizadores de solos, eles passam a atender o mercado de agronegócios brasileiro, responsável por 20% do Produto Interno Bruto (PIB) e por 48% das exportações, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA). Mas como esse subproduto da britagem pode tornar-se um insumo importante na agroindústria?

Simples. Praticamente 80% dos fertilizantes sintéticos ( formados por fonte solúveis em água de nitrogênio, fósforo e potássio) são importados. E mais: há uma tendência de crescimento do consumo em cerca de 6% ao ano e – para algumas culturas – o custo dos fertilizantes pode chegar a 40% dos insumos totais. Os dados são da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e indicam que o país precisa de soluções que ajudem a contrabalançar o cenário. A remineralização ou rochagem é uma prática para aumentar a eficiência do uso do NPK.

 

Complemento e não mero substituto dos fertilizantes químicos

Explicando: rochagem vem, é claro, do uso de rochas – fonte natural de minerais – na melhoria dos solos. Já remineralização de solos tem esse nome em função da recomposição mineral, o processo vem sendo desenvolvido desde a década de 1950 no Brasil. Pensada como complemento ou alternativa aos fertilizantes químicos, a rochagem ganhou um novo status com a regulamentação do seu uso pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) em março de 2016. De acordo com o MAPA, uma das maiores vantagens da rochagem é alta disponibilidade de rochas em todo o país, e o baixo custo em relação aos fertilizantes químicos.

 

Faça o download desse checklist e saiba mais.

 

Antes que fique declarada uma guerra não existente entre os remineralizadores e os fertilizantes tradicionais, é preciso esclarecer que a rochagem é vista por alguns pesquisadores como um processo complementar. O pó de pedra, ou seja, a rocha moída e peneirada, tem a função de melhorar a qualidade física e química do solo. E o uso dela tem normas específicas que devem ser seguidas pelos produtores de agregados. Para poder comercializar o pó de pedra como remineralizador de solos, as empresas precisam se adequar às exigências técnicas do MAPA, com testes que garantem a eficiência agronômica do produto.


Uso do remineralizador envolve duas etapas de controle

Com a regulamentação, a classificação dos remineralizadores de solo inclui a exigência de análises geoquímicas e mineralógicas que comprovem a eficiência de uso do produto. Depois das análises, os produtores de agregados devem validar a eficiência agronômica por meio de instituições públicas de pesquisa (Embrapa, universidades e outras instituições de ensino e pesquisa) e entidades credenciadas pelo MAPA.

Além da avaliação de suas rochas, os produtores de agregados devem considerar aspectos como a precificação dos remineralizadores e os investimentos necessários para implantar o processo em suas plantas atuais, o que inclui equipamentos em si e insumos operacionais como energia e peças de desgaste, entre outros. A consulta a especialistas em britagem é fundamental. O processo, aliás, pode começar pelo entendimento de como operam os britadores e que tipos de produtos oferecem mais dificuldade na britagem.

 

Voltar para Agregados
Entre em contato com nossos especialistas
Seus dados estão seguros. Veja nossa Política de privacidade para maiores detalhes.
Obrigado!
Nós entraremos em contato em breve. Você só poderá enviar uma nova solicitação após 15 minutos.
Entre em contato