Home Insights Blog Blog - Agregados HRC é o coração da planta de remineralização
Voltar para Agregados
out 21, 2022

HRC é o coração da planta de remineralização

A produção de remineralizadores, do ponto de vista da escolha de equipamentos, não tem segredos. Antes de mais nada, é preciso avaliar qual tipo de rocha será a fonte do produto, entre os variados os tipos de rochas silicáticas ou agrominerais apropriados. Essa é uma etapa importante, pois os níveis de dureza, abrasividade desta rocha- e a granulometria do produto final - influenciam diretamente na configuração da planta de processamento do remineralizador.

O processo principal para a produção de remineralizadores é a cominuição. Apesar do nome técnico, ela nada mais é do que a quebra da rocha em partículas menores. De modo geral, a cominuição pode ser dividida em duas etapas: britagem e moagem. Na primeira, o minério é processado e dividido em partículas granulares e fáceis de manusear. Com a moagem, elas são reduzidas ao pó de rocha.

Para finalizar, ainda é preciso passar pelo peneiramento. Durante esse processo, as partículas de diferentes granulometrias são separadas e enviadas para a classificação. Esta é a última etapa processo, que torna o produto pronto para a venda. E com a regionalização do mercado - e uso de rochas silicáticas no processo - muitos produtores de agregados ingressam no mercado de fertilizantes, cuja média de crescimento anual é de 6% segundo a Embrapa.

Solução aposenta moinho de martelos

Para a Metso Outotec, especializada em equipamentos que atendem o mercado de remineralizadores, o coração do processo é o britador de rolos de alta pressão HRC. Trata-se de uma máquina capaz de transformar as montanhas de pó de rocha dos produtores de agregados minerais em produtos com granulometria que atendam à normativa IN5, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Combinado com peneira de alta frequencia, a britagem de alta pressão controlada permite a produção constante do remineralizador com granulometria esperada inferior a 0,8 mm, auxiliando no processo da rochagem final no solo. Além do menor porte, as peneiras de alta frequência têm um processo de manutenção menos complexo e são flexíveis, podendo ser usadas para a produção de areia industrial na mesma planta.

O HRC também substitui – com vantagens – os moinhos de martelos, pois este último é mais complexo de operar quando em processos úmidos, de limitada granulometria de saída do produto, e normalmente sujeito a passar por manutenções mais constantes. Ele também é energicamente mais demandante, enquanto o HRC tem casos reais de aplicação onde se conseguiu reduzir o consumo de energia em mais de 40%, além do aumento da produção e de produtividade.

HRC é sustentável e produtivo

Como se trata de um mercado novo, é possível configurar uma planta de remineralização virtualmente. A Metso Outotec tem engenharia e experiência de campo para modelar em computador o que seria a unidade industrial. Outra vantagem é a capacidade de montar plantas modulares e até mesmo móveis, dependendo da demanda do produtor de agregados para o mercado de remineralizador de solos.

Além de ser o coração do processo de cominuição na área de remineralizadores, o HRC também é um dos equipamentos que faz parte da iniciativa Planet Positive, da Metso Outotec. Trata-se de uma política de oferta de tecnologias sustentáveis, agregando aumento da eficiência energética, sem uso de água e com menor consumo na cadeia de carbono. Tudo isso sem afetar a capacidade de aumento de produção e com a ampliação da segurança na operação e manutenção.

Fertilizantes
Saiba muito mais sobre o assunto fertilizantes em nossa página especial que reúne artigos, eBooks e outros materiais interessantes sobre como produzir.
Voltar para Agregados